Monthly Archive abril 2016

ByEdmir C Cavalcante

5 dicas para Pais de tenistas

Tim Henman é uma das lendas do tênis britânico. Exímio sacador e voleador, ele foi um dos últimos remanescentes do estilo clássico do tênis até se aposentar em 2007. No auge da carreira, chegou a ser número quatro do mundo e foi semifinalista de Wimbledon em quatro ocasiões. Fora do circuito, Henman ainda está envolvido com o esporte em seu país.

No ano passado, durante o torneio de Wimbledon, o ex-atleta deu uma palestra para os pais cujos filhos estão desenvolvendo gosto pelo tênis. Pai de três filhas (Rose, Olivia e Grace), todas já jogando tênis, ele defende que as crianças, antes de tudo, devem se manter ativas – com atividades físicas e não somente videogames. A seguir, destacamos algumas dicas de Henman para os pais (tiradas de sua palestra no All England Club pelo jornalista Alex Sharp e publicadas no site oficial de Wimbledon).

Implementar os valores corretos
“Há obviamente casos em que os pais se envolvem demasiadamente. Falando como um pai que tem três filhas, acho que as oportunidades são importantes para oferecer a elas tantas experiências diferentes quanto puder, mas também instalar o valores corretos. Sucesso não é necessariamente vencer. Sucesso é maximizar seu potencial e a única forma de você alcançá-lo é dar 100%. Portanto, se pais e jogadores entenderem que devem competir e dar o melhor, isso é o melhor valor passado. Se você der seu melhor em tudo que fizer, então você não estará indo muito na direção errada”.

Visão de longo prazo
“É difícil descobrir o envolvimento ideal, pois é como adivinhar ‘qual o estilo certo de se jogar?’ Isso é muito individual entre a criança e os pais que devem descobrir o que funciona melhor para eles. Alguns pais gostam de assistir aos jogos e treinos, alguns têm uma compreensão verdadeira do jogo e alguns querem mesmo estar envolvidos. Outros pais talvez não queiram se envolver e utilizem a experiência do treinador. Acho que especialmente nessa idade, se eles estiverem querendo uma carreira no esporte, então é crucial que os pais tenham uma visão de longo prazo. Que os resultados em categorias como 10, 12 e 14 anos não são tudo e o fim de tudo. Se você está tentando desenvolver o jogo de uma criança, é preciso pensar nos fundamentos certos, as técnicas corretas, aprender o que será um estilo de jogo efetivo aos 18, 19, 20 anos, quando talvez você estará tentando ser profissional. Aí é quando você precisa estar ganhando. Você não vai querer ganhar só no juvenil, com um estilo que só é efetivo nessa idade, em detrimento de seu jogo no longo prazo. Por isso é importante ter essa visão futura”.

A prática leva à permanência
“É um clichê mas definitivamente é melhor qualidade do que quantidade. Se eu estivesse dando treinos para crianças de 10, 12, ou até 14 anos, o máximo que eles estariam jogando seria duas horas por dia porque, se estiverem treinando apropriadamente, isso é tudo que eles podem assimilar. Passar cerca de quatro horas por dia na quadra sem treinar apropriadamente, eu diria que tem a intensidade certa. A prática leva à permanência, ela não leva à perfeição. Se você está plantando maus hábitos, então eles se tornarão permanentes. Portanto, é vital que você plante bons hábitos. Isso é físico, mental e técnico. Essa é uma mensagem poderosa”.

Diversão é primordial
“É muito importante que a criança desfrute do jogo. Se eles estiverem se divertindo na quadra, então absorverão muito mais. Vão aprender a como competir, como vencer e perder. Mesmo que você seja um dos melhores jogadores do mundo, você irá perder e é importante que você aprenda desde então a usar isso como um fator motivador para se tornar melhor”.

Seja criativo
“Às vezes, pode ser um desafio viajar, conseguir equipamento e treinamento, mas eu diria para ser criativo. O melhor exemplo é jogar contra o paredão. Lembro de viagens e torneios que fiz em que aquecer batendo contra o paredão foi de uma grande valia. Eu nunca errei a parede quando batia contra ela. É um oportunidade perfeita para se trabalhar em seus golpes”.

ByEdmir C Cavalcante

Seletivas CORREIOS ETAPA2

Neste post comente sobre suas impressões acerca do clube, do traslado, da rede hoteleira, da cidade e da forma de disputa.

O espaço é dedicado ao debate e o resultado das opiniões servir de parâmetro para solicitação de ajustes ao regulamento.

ByEdmir C Cavalcante

Seletivas CORREIOS ETAPA1

Neste post comente sobre suas impressões acerca do clube, do traslado, da rede hoteleira, da cidade e da forma de disputa.

O espaço é dedicado ao debate e o resultado das opiniões servir de parâmetro para solicitação de ajustes ao regulamento.

ByEdmir C Cavalcante

Laudos Técnicos biomecânica

Os arquivos abaixo referem-se a laudos do Atleta Nicolas Oliveira realizado por Dr. Ludgero Braga Neto em prol de Nicolas Oliveira, categoria 10anos, filho de associado.

Laudo Técnico_Nicolas Oliveira
Testes Físicos_Nicolas Oliveira

 

 

ByEdmir C Cavalcante

Nível é necessário para atingir determinados times nos EUA

Primeiramente, hoje podemos dizer que o mercado de bolsas para tênis é extremamente amplo e competitivo.

Dizemos amplo pois existem aproximadamente 1000 equipes de universidades que oferecem tênis, sendo que a estimativa é que entre 600-700 universidades ofereçam algum tipo de bolsa esportiva e ou acadêmica. A competição pelas bolsas é internacional e mais de 50% das bolsas atléticas têm ido para estrangeiros. As ligas são NCAA divisão 1, 2 e 3, além de NAIA e Junior College, masculino e feminino.

Está muito competitivo pois a maioria senão todos os treinadores das universidades mais fortes de divisão 2 e da divisão 1 estão sempre em busca dos melhores jogadores, possivelmente visando um custo x benefício (exemplo: casos em que o treinador está buscando jogador TOP com boa condição financeira que possa arcar com alguma parte dos custos).

Os times geralmente têm entre 8 e 12 jogadores e os treinadores podem dividir as bolsas dos times, oferecendo bolsas parciais. O total de bolsas para um time da divisão 1 é 4.5 (masculino) e 8 (feminino). Na divisão 2 geralmente tem 3-4 bolsas por time masculino e de 4 a 6 para feminino. O motivo de existirem mais bolsas para mulheres é o futebol americano, que é um esporte que oferece 50 a 100 bolsas por time apenas para homens.

A regra Title IX foi criada para garantir a igualdade na distribuição de bolsas homens x mulheres.
1 bolsa completa corresponde ao pagamento de tuition, room and board (faculdade, moradia e alimentação). Algumas bolsas completas também podem cobrir livros e seguro-saúde. Alguns atletas recebem Full Tuition (faculdade + taxas), e em alguns casos isso é visto como 100%. Mas na verdade no real 100% o estudante-atleta ganha a moradia e alimentação.

É muito difícil conseguir bolsa completa no primeiro ano no masculino. Para isso, é recomendável ranking ITF, ponto na ATP, além de boas notas. Também é necessário buscar times onde o atleta chegue para ser o número 1. Tem inclusive vários times onde o número 1 não tem 100% no masculino. Caso não seja um atleta de ponta que faça enorme diferença na equipe logo de inicio, não é viável 100%. No feminino as bolsas de 100% são mais comuns no 1º ano, mas mesmo assim são difíceis. Ranking ITF, média do ensino média alta, ótimos resultados, tudo isso conta.

A maioria das bolsas são parciais mas mesmo para conseguir uma bolsa parcial é necessário ter nível TOP 6 no time. Caso contrário, é mais aconselhável tentar vagas como walk-on (sem bolsa esportiva), talvez com bolsa acadêmica apenas.
Ter o know-how de quais times têm bolsas e o nível técnico deles permite ao estudante-atleta encontrar as opções de acordo com o seu orçamento. Quanto mais diferenciado no time, mais bolsa.

É bom lembrar que as bolsas são renovadas anualmente e podem aumentar ou diminuir de acordo com performance e conduta.
As bolsas esportivas geralmente cobrem de 20% a 100% dos custos. Muitas universidades (principalmente divisão 2 da NCAA, que têm menos bolsa esportiva que a divisão 1) recorrem às bolsas acadêmicas para conseguirem boas propostas para seus jogadores, mas para isso precisa de uma média (GPA) a partir de 3.0 (escala de 0 a 4.0) – geralmente seria um 7.5-8.0 de média geral aqui no Brasil. No caso de existir bolsa acadêmica (geralmente correspondem entre 5% a 30% de bolsa), pode ser agregada à bolsa esportiva que o treinador está oferecendo. A conclusão deste ponto é que as bolsas dependem de:
– nível técnico (rankings ITF, Universal Tennis, WTA e ATP se houver, video) quem não tem resultados nessas ligas dependerá exclusivamente de video e recomendação
– notas do ensino médio, nota do TOEFL e do SAT
– Orçamento do treinador e quanto ele quer oferecer
– Universidade que o estudante-atleta escolheu (pode conseguir, como exemplo, 30% em uma divisão 1, e 80% em uma divisão 2). Vejam o que geralmente precisa no tênis para os seguintes níveis de tênis (tanto no masculino quanto feminino):
NCAA DI TOP 20: Ser top 100 ITF Ranking ; UTR men 13-14-15  ; UTR women 10-11-12
NCAA D1 TOP 75 : TOP 400 ITF ; UTR men 13-14  ; UTR women 9-10-11
NCAA D1 fora do TOP 75: Top 10 no Brasil ranking juvenil; TOP 400 ITF; UTR men 12-13-14 ; UTR women 9-10
NCAA DII TOP 10: TOP 10 no Brasil Ranking Juvenil; TOP 400 ITF; UTR men 11-12-13-14; UTR women 8-9-10
NCAA DII TOP 10-25: TOP 50 ranking Brasileiro juvenil 18; muito foco em videos + resultados em campeonatos
NCAA DII abaixo top 25: Mais foco em videos + resultados em campeonatos

 

MC GRADUATION

ByEdmir C Cavalcante

Programa Bolsa Atleta

Estão abertas as inscrições para o Bolsa Atleta, programa federal, com data final de cadastramento até 07/04 pelo site do Ministério dos Esportes.

Programa Bolsa Atleta

Lista dos torneios considerados validos para o atleta ser apto a receber o beneficio, tendo obtido até o 3o lugar na competição

Torneios Válidos para pleito ao bolsa atleta.
Contato: duvidasbolsa@esporte.gov.br 61 3429-6906 // 3429-6867

 

ByEdmir C Cavalcante

Parceria com Sanchez-Casal

Para os associados seguem os descontos formalizados entre APTB e ACADEMIA SANCHEZ-CASAL na FLÓRIDA.

1-     10% de desconto para quem se matricular em qualquer programa durante o ano.

2-      Extra 10% para grupos de 10 jogadores

3-      Extra 10% para grupos de 20 jogadores

4-      Extra 10% para grupos de 30 jogadores

5-      5% de desconto para quem se matricular no programa anual

6-      *Airport pickup incluso para grupos acima de 10 jogadores

7-      *Desconto extra para grupos acima de 10 jogadores que pagar pelo programa com 6 meses de antecedencia

 

Pagamento:

Programas semanais precisam ser pagos 100% com um mês de antecedência com um deposito do valor de uma semana feito na hora da reserve.

Programas anuais precisam ser pagos em 3 parcelas – 10% do valor total na hora da reserve, 40% do valor total ate o mes de Agosto (o ano começa em Agosto), e 50% do pagamento total ate o mês de Dezembro.

Passagem de Avião:

A academia não sera responsável pela compra de passagens aéreas.

Eddier Herr & Orange Bowl:

Esse pacote depende da idade porque o Eddier Herr e Orange Bowl de 18 anos tem data diferente. Seria em media um pacote de 3 semanas. Para os jogadores de 12 e 14 anos, temos um outro torneio internacional que chama LITTLE MO que vai ser adicionado no pacote também. Então, os jogadores de 12 e 14 anos vão tem a oportunidade de jogar 3 torneios e os jogadores de 18 anos apenas 2. O desconto vai funcionar igual ao o que eu escrevi acima. Dai, dependendo da idade e do numero de jogadores, os termos e os preços vão ser diferentes.

Explicacao Sobre os Decontos Extra de 10% Para Grupos:

Todos os jogadores ja tem 10% de desconto, então se juntar um grupo de 10 pessoas sao 10% a mais de desconto no valor total. Ou seja, seria 20% de desconto total. A partir dai, cada 10 pessoas adicionadas, o grupo ganha mais 10% de desconto.

 

A academia e conhecida internacionalmente por ajudar e a guiar os tenistas do mundo todo a lutar pelo sonho de jogar profissional ou de conseguir uma bolsa de escola nos EUA. A escola que oferecemos usa o método Americano e todas as aulas sao em Ingles. Os cursos começam a partir dos 12 anos de idade ate a graduação do High School.

Oferecemos programas competitivos semanais, mensais, semestrais, e anuais para todos os níveis, a partir dos 10 anos de idade. Também oferecemos programas para adultos, se algum pai, mãe, ou qualquer outro familiar vier junto, eles podem fazer parte de um programa também. E temos clinicas para crianças que seria o “after-school” e em época de Camp, também oferecemos camp para crianças dos 4 ate os 10 anos de idade. A única diferença e que o camp de criança nao aceita nenhuma criança boarding aqui, ou seja, Morando aqui. Seria mais uma opção para quem viaja com a família toda.

00_INTERCONTINENTAL_ANNUAL_TENNIS__HIGH_SCHOOL_PROGRAM_2016-2017 02_ANNUAL_PROGRAM_HPT+STUDIES_2016-17 04_INTENSIVE_ ANNUAL_PROGRAM_HPT+LANGUAGES_2016-2017 09_INTENSIVE_MONTHLY_PROGRAM_HPT+LANGUAGES_2016 09_MONTHLY_PROGRAM_HPT+LANGUAGES_2016 11_WEEKLY_PROGRAM_HPT+LANGUAGES_2016 16_ADULTS_2016